NFCe Minas Gerais

NFCe Minas Gerais

A NFCe Minas Gerais é uma regulamentação que já estava prevista para fazer parte do dia a dia dos varejistas mineiros e que desde março já entrou em vigor. 

Pois é, para quem não sabe, em Dezembro de 2018 foi publicado um decreto alterando o regulamento do ICMS referente a NFCe Minas Gerais. E já em Fevereiro deste ano foi publicada uma resolução estabelecendo a obrigatoriedade de emissão de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica – NFCe. Apresentando, inclusive, as datas e os detalhes dessa nova legislação.

Portanto, a NFCe Minas Gerais já é uma realidade.

De acordo com o cronograma até Fevereiro de 2020  todos os contribuintes devem aderir ao programa, ficando dispensado da obrigatoriedade da emissão de NFCe apenas o microempreendedor individual (MEI).

Portanto, a dica é que sua empresa possa aderir ao NFCe Minas Gerais o mais rápido possível, para poder emitir NFCe em regime de testes e não sofrer sanções por parte do Fisco.  

Como se credenciar para emissão da NFCe Minas Gerais

Realizar o credenciamento é muito Fácil, basta o contribuinte acessar o site da sefaz e seguir as orientações.

Vale saber que feito o credenciamento a empresa fica proibida de emitir a Nota Fiscal de Venda ao Consumidor, modelo 2, enquanto a emissão do cupom fiscal (ECF) se torna facultativa pelo prazo máximo de  9 meses.

NFCe Minas Gerais
NFCe Minas Gerais

Cessação de uso Emissor de cupom Fiscal

E atenção, após a cessação de uso, o ECF poderá ser utilizado para impressão do Documento Auxiliar da NFCe. devendo ser feito nas empresas autorizadas dos fabricantes.

Por ser muito curto o prazo para a adesão da NFCe Minas Gerais, a dica é que o varejista se antecipe e saia em busca de um bom software de gestão, já existindo muitos no mercado.

Vale considerar o Uniplus, considerado um dos melhores em seu setor e com um ótimo custo-benefício, sem falar que a empresa é de Minas Gerais.

Uniplus oferece recursos para tornar mais eficazes a frente de caixa e a retaguarda, com um eficiente sistema tornando a transição para NFCe Minas Gerais bem mais fácil.

Vantagens do NFCe Minas Gerais

É bom deixar bem claro que a implantação do NFCe Minas Gerais promete oferecer algumas vantagens para o varejista, dentre elas a possibilidade de emitir notas sem ter que usar uma impressora fiscal, e a possibilidade de conseguir expandir pontos de venda sem a necessidade de autorização do FISCO.

Vale saber, no entanto, que essa mudança para NFCe Minas Gerais não altera apenas o cupom fiscal, mas também todo o conceito da operação do caixa no varejo. 

Assim, logo se perceberá que toda aquela operação, antes física, passa a ser em um ambiente virtual, o que significa, entre outros aspectos, uma dinâmica de operação completamente diferente.

Primeiros passos para emitir NFCe Minas Gerais

  • Cadastrar sua empresa para emissão da NFCe em Minas Gerais
  • Obter um software de Gestão, como o Uniplus, por exemplo
  • Treinar e capacitar a equipe da loja, se adequando a nova realidade
  • Revisar todo o cadastro de produtos para evitar erros tributários
  • Adequar a infraestrutura da empresa, incluindo computador e internet

Melhor sistema para sua empresa

Nós sugerimos o Uniplus mas, certamente, a escolha é opcional, sendo fundamental acertar na escolha, tanto do sistema de emissão de documentos fiscais, quanto da equipe de suporte, que é de fundamental importância em todo esse processo de transição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *