Por que os negócios não se sentem à vontade para lidar com dados de clientes?

Para que um negócio seja considerado dono dos dados de clientes, ele precisa ser capaz de fazer quatro coisas importantes: gerenciar, proteger, obter insights e usar esses dados com o máximo de responsabilidade.

O problema é que grande parte das empresas, principalmente as da região EMEA – Europa, Oriente Médio e África – não está confiante de que pode fazer isso da forma correta e tem medo de sofrer alguma penalização no futuro. 

Esse assunto está mais detalhado em um novo relatório que foi divulgado pela Oracle (empresa multinacional de tecnologia), o qual esclarece alguns pontos importantes.

Para ficar por dentro dos dados que estão contidos no relatório basta continuar lendo o artigo. 

Confira: Atacado de roupas mais famoso do Brasil

Negócios x dados de clientes

De acordo com o relatório da Oracle mencionado acima, quase metade dos negócios não possui uma estratégia de gerenciamento de dados configurada.

Além disso, apenas um terço deles, ou 35%, está confiante de que pode gerenciar dados de clientes e gerar insights significativos. 

Os principais departamentos ainda não são considerados responsáveis ​​​​pelo gerenciamento de dados, enquanto os protocolos de segurança de dados permanecem ignorados ou incompreendidos. 

O relatório ainda alega que quase metade de todos os tomadores de decisões financeiras e de TI acredita que eles são responsáveis ​​pela segurança de dados, enquanto que entre marketing e RH (que geralmente usam esses dados), apenas um terço se sente da mesma forma.

roupas-para-vender-na-internet

“Sabemos que a capacidade de aproveitar os dados proporciona um imenso benefício aos negócios e uma liderança que os outros acham difícil de diminuir”, disse Andrew Sutherland, vice-presidente sênior de tecnologia e sistemas da Oracle.

“Mas, essas descobertas sugerem que as organizações ainda estão sendo sobrecarregadas pelo dilúvio de dados. As empresas precisam enfrentar o problema de frente.

Isso resultará em melhores práticas internas e na implementação de estratégias de gerenciamento de dados e de controles de segurança aprimorados”, ressalta ainda Andrew. 

Pode-se dizer que os maiores temores sobre a segurança de dados dentro dos negócios são a baixa atenção à confidencialidade deles, juntamente com o número de dados que são recebidos diariamente.

Também há problemas em como os dados podem ser manipulados por meio de dispositivos móveis e plataformas sociais.

Portanto, muito ainda precisa ser feito para que as organizações se sintam realmente seguras e saibam utilizar os dados dos clientes da forma correta, sem sofrer com nenhum problema futuramente. 

É necessário ter em mente que apesar da imensa quantidade de dados recebida a cada minuto, os negócios precisam encontrar uma forma de filtrá-los e de guardar apenas aqueles que podem fazer diferença e que a empresa pode precisar em algum momento, por exemplo. 

Você também pode gostar: As melhores roupas para revender na internet

Levando tudo isso em consideração, vale ressaltar que esse problema com os dados dos clientes acontece nos mais diferentes tipos de negócios.

Ainda não existe uma previsão para que as empresas percebam uma forma de gerenciar, proteger, obter insights e usar esses dados com responsabilidade, mas a tendência é que com o avanço da tecnologia isso não demore muito. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *